Violar Direitos Autorais é Crime e pode levar à prisão (Art. 184 do CPB). Não copie textos, em prosa ou verso, e ou fotos sem mencionar o autor e a fonte.


Autores


Aline Silva


Amarilis Paizini Aires


Ana Garjan


Andrade Sucupira

(pai in memorian)


Andrade Sucupira Filho


Antônio Tavares


Ataíde Lemos


B


Célia Regina Queiroz


D


Emilia Mitsue


Flávia Fontes


Flávio Cardoso Reis


Geni Sobreira


Gilsanjes


H


Isabel Sanches


Isabela Braz


J


K


Lúcia Biazetto


Leila Soares


Marisa Pasternak


N


O


P


Q


Roberto P.A. Pereira


Rosa Helena


Rose Tunala


Sandra Maria


Socorro Fernandes


Solange Malosto


Tales Tavares (in memorian)


U


V


Wilson Coêlho


X


Y


Zedânove Tavares


índice de autores


Capa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisa personalizada

 

Envie-nos seus trabalhos para publicação


Amarilis Paizini Aires


FRONDOSA ÁRVORE

SENTADA AOS TEUS PÉS,
TUA SEIVA ABSORVI
EM TEUS GALHOS ME ENVOLVI
COMO TUA RAIZ ME SENTI.

PARA MANTER-ME MAJESTOSA,
OS PINGOS DA CHUVA RETI,
VI-ME IMENSA E GRANDIOSA,
NUTRINDO-ME, DESENVOLVI.

MINHAS FÔLHAS RAMIFICARAM,
MEU PERFUME ESPALHEI,
MINHAS FLÔRES DESABROCHARAM,
IMPERIAL ME TORNEI.

RAINHA DA TERRA,
ÉS TU, ÁRVORE FRONDOSA,
RENDO-ME AO TEU PODER,
E CHORO AO TE VER MORRER...

AMARILIS PAZINI AIRES
31/10/08
 

NO SILÊNCIO DA MADRUGADA

No silêncio da madrugada
a alma a se entregar
pelas ondas do passado
e do presente a encarar.

No silêncio da madrugada
sonhos, ilusões vou fantasiar
criar meus momentos
de bel-prazer e bem-estar.

Neste silêncio e tranquilidade
parada posso ficar
poder pensar em tudo
e em nada ficar a pensar.

No silêncio da madrugada
a Tristeza a chegar
mas pode ser a alegria
envolta em luzes a cintilar.

Espero poder enxergar
em silêncio e tranquilidade
nos espelhos a refletir
o meu eu a encontrar.

Autoria : Amarilis Pazini Aires

PARAISO DE AMOR

SUAVE COMO A BRISA,
SUSSURRAS AO MEU OUVIDO,
DELICIANDO A MINHA ALMA,
CONFUNDINDO O MEU SENTIDO.

POR SÔBRE O CAMPO TRANSPORTO-ME,
NA CALMARIA DA NATUREZA,
PAIRANDO E SENTINDO O PERFUME,
ETERNIZANDO TODA BELEZA.

SUAVE COMO A BRISA,
SUSSURRAS AO MEU OUVIDO,
EXALTAS PALAVRAS À GUIZA,
DE MOMENTOS PROIBIDOS.

OLHANDO NOS TEUS OLHOS
IMENSO PRAZER EU ENCONTRO,
BUSCANDO O TEU SORRISO,
ME DEFRONTO COM O PARAÍSO.

AMARILIS PAZINI AIRES
17/10/08

ROSAS PAIXÃO

ROSAS , ROSAS, ROSAS,
AMARELAS , VERMELHAS , BRANCAS ,
SIMPLESMENTE ROSAS,
PÉTALAS DE AMOR,
CÔR DE SAUDADES,
LUZ DE PUREZA,
SIMPLESMENTE ROSAS.
BUQUÊS, UMA ROSA, ROSAS,
DIZEM TUDO, OU DIZEM NADA,
SIMPLESMENTE ROSAS.
PERDIDAS, AMADAS, CAÍDAS,
DESPETALADAS, FORMOSAS,
EM BOTÃO,
SIMPLESMENTE ROSAS,
MAS A CHAMA DE UMA PAIXÃO.

AMARILIS PAZINI AIRES
13/09/08

 

 
CORAÇÃO EM RETALHOS

A COLCHA DE RETALHOS
QUE TRABALHO COM CUIDADO,
JUNTO TODOS OS PEDAÇOS
AQUI, ALI NUM EMARANHADO.

AOS POUCOS SURGE UM ESPAÇO
MAS PRECISO COMPLETÁ-LO
ENCAIXO, DOBRO E ARREMATO,
E COLOCO UM CADARÇO.

ASSIM VOU TRANSFORMANDO
TUDO QUE ERA VELHO E SURRADO,
RECOMPONDO CADA RETALHO,
COMO SE FOSSE UM BORDADO.

MAS COMO JUNTAR OS PEDAÇOS,
DE UM GRANDE AMOR ACABADO,
BATE O CORAÇÃO EM DESCOMPASSO,
POIS VAI ESTAR SEMPRE REMENDADO.

AMARILIS PAZINI AIRES
12/08/08

Modificar a situação, é um propósito.
Ser determinado a mudá-la, é um propósito firme e consciente.
Acreditar que conseguirá, é a própria mudança.

Amarilis Pazini Aires

 

 

 

 

 

 

 

 

índice de autores

 

Leia seu poeta preferido clicando do lado esquerdo da página. Boa viagem.